<div style='background-color: none transparent;'><a href='http://www.rsspump.com/?web_widget/rss_ticker/news_widget' title='News Widget'>News Widget</a></div>


Poli Sans Grafia

Poli sans grafia. Polissonografia.
Sono, sonho. Na antiga grécia, ágora de Deuses, reinava Morfeu.
Deus dos sonhos. Uníssonos, sonhos. Unidos no sonho.
Na grafia do exame, meço meus sonhos. À mente, não mente.
Na mitologia não sou ateu. Sonolentamente.
Em meus sonhos você apareceu, sorrateiramente.
Panis et circenses. Não, obrigado. Digo educadamente.
Em meio às tantas cifras e relituras, traduz meu sono, somente.
Explicadamente, diz que só eu, sonhei. Sorrateiramente.
Em meio às tantas crifras e releituras, eu vejo teu rosto.
Despudoradamente, no sonho que tive ao sono, sozinho.
Polianamente, tu surge em meu solo, solitariamente.
Teu lindo rosto, marcado para sempre, num exame.
Éter na mente, eternamente. Poligrafias em meu sono, sonho.
Sonho, sono. Na antiga grécia, ágora de Deuses, reinava Morfeu.
Poli sans grafia. Polissonografia.


Siga-nos também no Twitter

Marcadores:

Deixe um comentário


Comentem as matérias, façam sugestões, elogios ou mesmo reclamações, troquem idéias, este é o lugar para opinar!

Os comentários não serão respondidos por email, só aqui mesmo; se quiser saber se alguém respondeu ao seu comentário, inscreva-se por email no Feed de comentários do artigo, ou então: VOLTE SEMPRE!