<div style='background-color: none transparent;'><a href='http://www.rsspump.com/?web_widget/rss_ticker/news_widget' title='News Widget'>News Widget</a></div>

Quando vierem nos pegar, quem há de gritar por nós? ou
Pensem nas crianças Mudas, telepáticas, Pensem nas meninas Cegas, inexatas...


É tempo de reler Bretch, repensar muitas coisas.
É época de lamentar a defenestração de valores.
É tempo de transcrever novamente Vinícius:


Rosa de Hiroshima.
(Vinícius de Moraes e Gerson Conrad)


Pensem nas crianças
Mudas, telepáticas,
Pensem nas meninas
Cegas, inexatas,
Pensem nas mulheres
Rotas, alteradas,
Pensem nas feridas
Como rosas cálidas.


Mas, oh, não se esqueçam
Da rosa, da rosa!


Da rosa de Hiroshima,
A rosa hereditária,
A rosa radioativa
Estúpida e inválida,
A rosa com cirrose,
A anti-rosa atômica.
Sem cor, sem perfume,
Sem rosa, sem nada.

Marcadores:

Deixe um comentário


Comentem as matérias, façam sugestões, elogios ou mesmo reclamações, troquem idéias, este é o lugar para opinar!

Os comentários não serão respondidos por email, só aqui mesmo; se quiser saber se alguém respondeu ao seu comentário, inscreva-se por email no Feed de comentários do artigo, ou então: VOLTE SEMPRE!